24 de ago de 2015

Resenha

Como eu era antes de você



Título: Como eu era antes de você
Autor: JoJo Moyes
Editora: Intrínseca
Páginas: 318
Classificação: 5|5

Sinopse

Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

Resenha

           Louisa vive uma vida pacata, sem grandes aventuras ou mudanças. De família humilde, seu pai trabalha em uma fábrica que está prestes a despedir alguns de seus funcionários. Sua mãe vive para cuidar da casa e da família. Sua irma, Katrina engravidou e é mãe solteira de Thomas. Após a morte da avó, o avô de Lou vai morar junto com a sua família. Porém, ela vê a sua segurança de vida desabar quando perde o emprego no café em que trabalha.

        Para ajudar a família, Lou se vê na difícil missão de arrumar um emprego, já que, não é bem qualificada em nenhuma área específica. Após várias tentativas, Lou se ver tentada a ser cuidadora de um rapaz tetraplégico, emprego esse que oferece um ótimo salário e com a proposta de um emprego temporário de apenas seis meses.O que Louisa Clarck não esperava é que esse emprego iria mudar a sua vida completamente. 

      Ao chegar no ambiente de trabalho, Lou se depara com seu patrão, Will. Um rapaz extremamente rabugento, mal-humorado e amargo que se tornou tetraplégico após um acidente de moto. Will ofende e trata mal todos ao seu redor sem pestanejar, e Lou é incluída na lista de pessoas a serem maltratadas por Will. 

       O que Will Traynor não esperava é que Lou está determinada a manter seu emprego para ajudar a sua família e não medirá esforços para que isso aconteça. Lou então percebe que esses seis meses é o tempo que tem para convencer Will que ainda há uma chance de ser feliz e que a vida pode ser vivida da melhor maneira possível, até mesmo para um tetraplégico.

         Como eu era antes de você mexeu muito comigo e com a minha maneira de enxergar as coisas. A autora consegue aflorar em você sentimentos que vão da tristeza à felicidade plena. Quando esse livro chegou pra mim, não imaginei que me ensinaria tanto, que me daria tantas lições. Coisas que são fáceis para uma pessoal "normal" tornam-se desafiadoras para quem não tem os movimentos do pescoço pra baixo.


“E sabe o que? Ninguém quer ouvir esse tipo de coisa. Ninguém quer ouvir você falar que está com medo, ou com dor, ou apavorado coma possibilidade de morrer por causa de alguma infecção aleatória e estúpida. Ninguém quer ouvir sobre como é saber que você nunca mais fará sexo, nunca mais comerá algo que você mesmo preparou, nunca vai segurar seu próprio filho nos braços. Ninguém quer saber que às vezes me sinto claustrofóbico estando nesta cadeira que tenho vontade de gritar feito louco só de pensar em passar mais um dia assim”.

        Esse livro sem sombra de dúvidas me ensinou muitas coisas. Reacendeu em mim a determinação, a vontade de viver e de fazer algo na minha vida... Às vezes passamos os dias despercebidos sem perceber a maravilha que está ao nosso redor. Não dá pra descrever as sensações que eu tive ao ler esse livro. É um livro maravilhoso, que eu posso dizer que com certeza entrou para o meu TOP 5 de melhores livros já lidos. Super recomendado. 

         Tem uma narrativa fácil e agradável que quando percebi, já estava apaixonada pelos personagens e não queria sair daquele mundo, só queria descobrir qual iria ser o futuro de Will, Lou e todos aqueles que os cercavam.
         
          Fui pega de surpresa com o final, pois, quando comecei a ler, achei que choraria horrores, pasmem, isso não aconteceu. A única coisa que aconteceu comigo ao final desse livro foi um mar de sentimentos bons e aprendizados que levarei para o resto da minha vida.


             "É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível."



comentários pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário